Fiemg vai avaliar VLT

Discussões sobre Projetos e Obras em andamento, e também propostas de novos projetos.

Moderador: ArqPaulo

Avatar do usuário

Autor do tópico
Inconfidente
MEMBRO PLENO
Mensagens: 560
Registrado em: 05 Jun 2008, 14:13
Localização: Belo Horizonte

Fiemg vai avaliar VLT

Mensagem não lida por Inconfidente » 31 Out 2009, 16:37

Renato Weil/EM/D.A Press - 1/10/09
Imagem
Malha ferroviária em concessão pode receber o veículo leve sobre trilho entre Betim e Contagem

A prefeita de Contagem, Marília Campos (PT), e o superintendente da Transcon, autarquia de trânsito e transporte do município, Hérmiton Quirino, participam terça-feira de uma reunião na sede da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) para apresentar o projeto de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) para transporte público de Contagem. No encontro, com a presença do presidente da Fiemg, Robson Andrade, serão também discutidas possibilidades de investimentos no projeto e a importância da melhoria da qualidade do transporte coletivo no maior pólo industrial do estado.

Recentemente, Marília Campos e a prefeita de Betim, Maria do Carmo Lara (PT), se reuniram com o superintendente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) em Minas Gerais, José Roizenbruch, e percorreram um trecho entre os bairros Jardim das Alterosas e Eldorado, nos municípios vizinhos à capital, para avaliar as condições de implantação do modelo de transporte rápido. A percurso de 17,8 quilômetros está atualmente concedido à Ferrovia Centro Atlântica. Se o projeto vingar, poderá beneficiar mais de 1 milhão de habitantes de 13 cidades da região metropolitana diariamente.

Além de agilizar o transporte coletivo, o projeto pode retirar ônibus do Centro da capital. Somente de Contagem, 126 linhas intermunicipais trafegam diariamente pelas vias da Grande BH. A ideia é que os passageiros saíam do Jardim das Alterosas fazendo baldeação no Eldorado e, de lá, seguindo para a capital e cidades da Grande BH. Ou, o caminho inverso para muitos dos funcionários da Fiat e da Refinaria Gabriel Passos (Regap). Um dos principais atrativos do VLT é a economia de recursos. O levantamento técnico feito por Betim e Contagem mostra que a expansão da linha 1 do metrô até Contagem tem custo estimado em R$ 99 milhões/quilômetro, enquanto o Veículo Leve sobre Trilhos necessita de um terço dos recursos, ou seja, R$ 33 milhões/quilômetro.

http://www.uai.com.br/em.html

Avatar do usuário

Elmo
USUÁRIO JR
Mensagens: 47
Registrado em: 05 Jun 2009, 04:01
Localização: Contagem - MG

Re: Fiemg vai avaliar VLT

Mensagem não lida por Elmo » 02 Dez 2009, 15:23

Mis um projeto que vai levar o nada a lugar nenhum!
Grande parte desse trecho ferroviário entre Eldorado e Jardim Alterosa é pouco habitado e nem habitado é, como a parte que passa ao lado do Parque Fernão Dias e vai do Bernardo Monteiro até o Imbiruçú.
Imagem
Visite: Construction Family

Responder Exibir tópico anteriorExibir próximo tópico

Voltar para “OBRAS, PROJETOS, PLANEJAMENTO & INFRA-ESTRUTURA”