Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Moderador: Lipe Andreense

Avatar do usuário

Erick_UT440R
MEMBRO PLENO
Mensagens: 640
Registrado em: 01 Jan 2009, 12:16
Localização: São Paulo, SP
Contact:

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por Erick_UT440R » 08 Out 2010, 13:55

Vicente escreveu:Ué, para sistemas de tração diferentes, cursos pra manutenção...

Eu sei disso Vicente... Não é pra mim que você tem que falar isso! okk

Vou citar como exemplo a SuperVIA: quando em 1997 a CBTU contratou o consórcio ADtranz / T'Trans para modernizar os trens da Série 900, transformando-os em Série 9000, o consórcio sugeriu à CBTU a troca do sistema de tração (do original eixo de cames para um sistema moderno tipo chopper). Para imcrementar ainda mais, o chopper fabricado pela ADtranz permitia inclusive a comutação DC/AC (ou seja, se a CBTU quisesse, poderia ter trocado os motores de tração do trem). Entretanto, a CBTU decidiu utilizar os mesmos motores TCO da Série 900. Todos nós (ou a grande maioria) sabemos que os trens da Série 9000 sofrem de alguns problemas, sejam eles referentes à má manutenção proporcionada pela Flumitrens / SuperVIA, seja como dificuldade de manutenção da frota (pela baixa quantidade de carros), seja pelo fato de ser a única frota da SuperVIA que opera com chopper (os Rotem Série 2005 operam com inversor de tração).

Vicente escreveu:O eixo de cames é o básico, o sistema feijão com arroz de controle, não? (Algo como o velho estrela-triângulo, que funciona de maneira simples, mas funciona)

O sistema de controle de tração por eixo de cames é o sistema mais básico que existe, pois nele nào há eletrônica. Trata-se de um sistema eletro-mecânico, apreciado por empresas que preferem ter pouco gasto com a manutenção do subsistema. Porém, há algumas características negativas do sistema, a saber:

1°) A variação da tensão nos bornes do motor se dá na forma de "degraus" de corrente, ou seja, com picos de tensão e corrente nos motores. Isso ocasiona um maior desgaste do enrolamento do motor;
2°) Por causa dessa característica, ocorrerá no trem trancos, a medida que vai se eliminando as resistências de partida e aumentando a tensão e a corrente nos motores. Com isso, quem perde são os passageiros, principalmente no item conforto;
3°) Devido aos trancos a estrutura primária do trem (assim como suportes de equipamentos) soferá impactos pontuais, o que com o tempo ocasionará o aparecimento de trincas nesses elementos.

Com o sistema chopper isso não ocorre, pois a regulagem da tensão e da corrente nos bornes do motor de tração se dá linearmente. Entretanto, esse sistema requer um maior aperfeiçoamento do profissional para a sua manutenção, pois trata-se de um equipamento eletrônico.

Devido à esse fato a RFFSA escolheu o sistema com eixo de cames. Já a Companhia do Metropolitano de São Paulo e a #FEPASA foram audazes em escolher um sistema mais "complicado" e mais caro de se manter pensando em custos (apesar do custo inicial mais alto, o sistema chopper tende a reduzir gastos em outra áreas da manutenção e operação) e também no conforto do passageiro.

Vicente escreveu:Aqui em SP não temos trens com todos os sistemas, e o pessoal consegue? Porquê em outra parte não conseguiria?

Não se esqueça que uma parte do pessoal da manutenção da CPTM veio da #FEPASA. Pergunta se o pessoal de Engenheiro São Paulo gostavam dos trens da Série 160 (atual 5500)? Reclamavam que era um trem complicado e muito sofisticado... Os caras gostavam mesmo era de consertar o "básico" 4400.

Vicente escreveu:Se dá pra modernizar os 5000 e destiná-los a um bom uso em algum lugar (e creio que estruturalmente, eles aguentem), por quê não fazê-lo? É bom uso do dinheiro público...

Não sei dizer se é bom uso de dinheiro público... Os trens da Série 5000 já pagaram o custo de sua aquisição.
Avatar: Trem Cobrasma/Francorail/Société MTE da Companhia do Metropolitano de São Paulo, composição C-311 no PIT (Páteo Itaquera).

Avatar do usuário

Vicente
MODERADOR GLOBAL
Mensagens: 2533
Registrado em: 12 Set 2008, 23:57
Localização: São Bernardo do Campo

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por Vicente » 08 Out 2010, 14:09

Ok, eu sei que não preciso falar de treinamento de pessoal, afinal, você conhece o sistema... Mas, como você mesmo disse, há uma acomodação dos profissionais.

Se o controle da alimentação por cames gera fadiga estrutural nos suportes e desgaste maior do motor por picos de corrente (o que prejudica o verniz do enrolamento e favorece queimas), o correto é realmente substituí-lo. Mesmo o chopper já teve seu tempo, estamos na era dos inversores.

Hoje em dia, pelo menos pra motores AC de uso industrial, os inversores não são tão absurdamente caros, e compensam na manutenção a longo prazo, como sabemos.


ARS
USUÁRIO JR
Mensagens: 185
Registrado em: 10 Set 2010, 22:03

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por ARS » 08 Out 2010, 14:39

Vicente escreveu:.....Mesmo o chopper já teve seu tempo, estamos na era dos inversores...


Vicente, muito interessante sua explicação. Poderia ajudar um coléga que quer aprender mais sobre motores de trens?

Iguais ao Metrô os Trens da CPTM possuem sistemas chopper e inversores. Poderia me explicar o que significa os dois sistemas, como eles atuam?

Abraços,

Avatar do usuário

Vicente
MODERADOR GLOBAL
Mensagens: 2533
Registrado em: 12 Set 2008, 23:57
Localização: São Bernardo do Campo

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por Vicente » 08 Out 2010, 21:16

As diferenças, a fundo, Minirei, vou ficar devendo, porque não sou tão familiarizado com elétrica.
Vou pedir "ajuda aos universitários" ;)


ARS
USUÁRIO JR
Mensagens: 185
Registrado em: 10 Set 2010, 22:03

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por ARS » 19 Out 2010, 14:21

Então vamos aguardar os Universitários :D

Atenciosamente,

Avatar do usuário

Ramos
USUÁRIO JR
Mensagens: 184
Registrado em: 03 Jan 2009, 19:47

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por Ramos » 27 Nov 2010, 11:02

Llevamos um pedazo de país em cada vagón. . .
Ferrocarriles Argentinos

Avatar do usuário

Correia431M
MEMBRO MILLENIUM - SENIOR
Mensagens: 1063
Registrado em: 14 Set 2008, 01:10
Localização: Vila Matilde - Linha 3 Vermelha
Contact:

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por Correia431M » 27 Nov 2010, 17:13

^^ Taí uma das minhas frustrações ferroviárias: não ter andado nesse trem ostentando a imponente logomarca da Ferrovias Paulista S/A.

#FEPASA FOREVER
***Dom Moreira 1178***

Instagram: @dommoreira1178
Twitter: @DomMoreira1178


Souzadfs2000
USUÁRIO JR
Mensagens: 156
Registrado em: 11 Nov 2009, 15:04
Localização: Carapicuiba - SP

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por Souzadfs2000 » 29 Nov 2010, 14:03

Boa tarde pessoal.

Correia431M escreveu:^^ Taí uma das minhas frustrações ferroviárias: não ter andado nesse trem ostentando a imponente logomarca da Ferrovias Paulista S/A.

#FEPASA FOREVER


Andei pela primeira vez no Fepasão, quando ele tinha uns 2 anos de operação. vv
Ainda operavam entre Julio Prestes e Carapicuiba. okk

[]s
Carapicuiba<>Osasco
Osasco<>Cid. Jardim

Avatar do usuário

rodineisilveira
USUÁRIO JR
Mensagens: 229
Registrado em: 02 Ago 2008, 13:56
Localização: São Paulo - SP

O imponente logo da FEPASA em sua parte frontal

Mensagem não lida por rodineisilveira » 14 Mar 2012, 18:30

Vou ser franco com vocês: andei muito nestes fepasões com o imponente logotipo da FEPASA em sua parte frontal.


Igor
USUÁRIO JR
Mensagens: 117
Registrado em: 01 Fev 2009, 08:12

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por Igor » 18 Out 2012, 08:51

Duas fotos do 5000 na estação Luz.

Imagem
Imagem

Avatar do usuário

rodineisilveira
USUÁRIO JR
Mensagens: 229
Registrado em: 02 Ago 2008, 13:56
Localização: São Paulo - SP

O destino dos trens da série 5000

Mensagem não lida por rodineisilveira » 14 Fev 2013, 17:30

Agora, com a Linha 8 (Diamante) sendo dominada pelos trens da série 8000 da CAF, gostaria de saber pra qual linha da CPTM irão os trens da série 5000 (os chamados "Fepasões").


Francis
MODERADOR GLOBAL
Mensagens: 1160
Registrado em: 15 Jun 2008, 17:32
Localização: São Caetano do Sul, São Paulo.

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por Francis » 14 Fev 2013, 18:01

Aposentadoria. Os 5000 não circularão mais na CPTM.

Avatar do usuário

rodineisilveira
USUÁRIO JR
Mensagens: 229
Registrado em: 02 Ago 2008, 13:56
Localização: São Paulo - SP

Perdidos no espaço

Mensagem não lida por rodineisilveira » 14 Fev 2013, 21:23

5000 perdidos no espaço!

Avatar do usuário

AGV
FUNDADOR
Mensagens: 3147
Registrado em: 29 Mar 2008, 02:55
Localização: SÃO PAULO - SP
Contact:

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por AGV » 15 Fev 2013, 01:14

Francis escreveu:Aposentadoria. Os 5000 não circularão mais na CPTM.
Não vão para nenhum lugar, Francis (pergunta, estou sem interrogação no meu #@$¨¨¨(¨*(%¨*%book, rsrs) <_<


Francis
MODERADOR GLOBAL
Mensagens: 1160
Registrado em: 15 Jun 2008, 17:32
Localização: São Caetano do Sul, São Paulo.

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por Francis » 15 Fev 2013, 09:16

Na CPTM, não. Deve ser vendido para outro sistema onde seu desempenho se adeque; se não me engano, já há contatos para isso, mas não sei para onde ele iria.


Jorge Luis
MEMBRO PLENO
Mensagens: 578
Registrado em: 06 Mar 2009, 12:56

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por Jorge Luis » 15 Fev 2013, 19:57

nas comunidades e foruns por ai afora, comenta se no aproveitamento deles com uma formação menor 4 carros na extenção amador bueno linha 8
O mesmo passageiro que entra no trem, é o mesmos que desçe nas proximas estaçoes

Avatar do usuário

Haiser
MEMBRO SENIOR
Mensagens: 1348
Registrado em: 24 Jun 2008, 01:18
Localização: São Paulo SP
Contact:

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por Haiser » 18 Fev 2013, 17:17

Bom, pelo menos alguns carros da Série 5000 estão sendo levados para o Pátio Eng. Manoel Feio. Também existe a possibilidade do leilão.

Avatar do usuário

Vicente
MODERADOR GLOBAL
Mensagens: 2533
Registrado em: 12 Set 2008, 23:57
Localização: São Bernardo do Campo

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por Vicente » 27 Fev 2013, 19:21

Francis escreveu:Na CPTM, não. Deve ser vendido para outro sistema onde seu desempenho se adeque; se não me engano, já há contatos para isso, mas não sei para onde ele iria.
Espero que consigam reutilizá-los.
Não são tão antigos, talvez para sistemas que não precisem de desempenho muito alto sejam- bastante- úteis.


Francis
MODERADOR GLOBAL
Mensagens: 1160
Registrado em: 15 Jun 2008, 17:32
Localização: São Caetano do Sul, São Paulo.

Re: Trem Série 5000 - CCTU (Cobrasma/Francorail/MTE)

Mensagem não lida por Francis » 28 Fev 2013, 00:15

^^ Sem dúvida, Vicente. Pra CPTM não dá mais, mas pode ser muito útil ainda para outros sistemas. :DD


Jorge Luis
MEMBRO PLENO
Mensagens: 578
Registrado em: 06 Mar 2009, 12:56

Re: O destino dos trens da série 5000

Mensagem não lida por Jorge Luis » 02 Mar 2013, 21:43

rodineisilveira escreveu:Agora, com a Linha 8 (Diamante) sendo dominada pelos trens da série 8000 da CAF, gostaria de saber pra qual linha da CPTM irão os trens da série 5000 (os chamados "Fepasões").
pode ser que eles vão pra linha de produção da tramontina, virar talheres ffif P
O mesmo passageiro que entra no trem, é o mesmos que desçe nas proximas estaçoes

Responder Exibir tópico anteriorExibir próximo tópico

Voltar para “CPTM - SP”