Placas de final de plataforma das estações do Metrô-SP

Área para discussões sobre aspectos técnicos e de Engenharia dos elementos que compõem as ferrovias e seu material rodante.
Avatar do usuário

Autor do tópico
Correia431M
MEMBRO MILLENIUM - SENIOR
Mensagens: 1063
Registrado em: 14 Set 2008, 01:10
Localização: Vila Matilde - Linha 3 Vermelha
Contact:

Placas de final de plataforma das estações do Metrô-SP

Mensagem não lida por Correia431M » 22 Fev 2009, 23:25

Fiquei meio em duvida onde eu poderia postar algumas montagens que eu fiz dessas plaquetas do Metrô, mas como um colega me deu uma explicação sobre elas, postarei aqui por se tratar de uma explicação técnica. Acompanhem abaixo, para quem ainda não tem conhecimento do assunto.

Estação Carrão, via 2, 20 segundos de porta aberta, abrir porta lado esquerdo
Imagem

Estação Sé, via 2, 30 segundos de porta aberta, abrir porta dos dois lados
Imagem

Estação Santa Cecilia, via 1, 15 segundos de porta aberta, abrir porta do lado direito
Imagem

Estação Barra Funda, via 1, 25 segundos de porta aberta, abrir porta dos dois lados
Imagem

Estação Largo Treze, via 2, 20 segundos de porta aberta, abrir porta do lado direito
Imagem

Bem, está aí a explicação técnica dessas placas para quem ainda não conhecia a definição.
***Dom Moreira 1178***

Instagram: @dommoreira1178
Twitter: @DomMoreira1178


Francis
MODERADOR GLOBAL
Mensagens: 1160
Registrado em: 15 Jun 2008, 17:32
Localização: São Caetano do Sul, São Paulo.

Mensagem não lida por Francis » 23 Fev 2009, 16:11

Excelente, Rodrigo. Só acrescentando: em operação normal, em ATO, esta sinalização não tem uso, pois o trem obedece o tempo de parada programada (PP), que é um intervalo dinâmico e não tem a ver com este. ;)

Avatar do usuário

Erick_UT440R
MEMBRO PLENO
Mensagens: 640
Registrado em: 01 Jan 2009, 12:16
Localização: São Paulo, SP
Contact:

Mensagem não lida por Erick_UT440R » 26 Fev 2009, 09:55

Francis escreveu:Excelente, Rodrigo. Só acrescentando: em operação normal, em ATO, esta sinalização não tem uso, pois o trem obedece o tempo de parada programada (PP), que é um intervalo dinâmico e não tem a ver com este. ;)


Mas Francis, no horário de pico o OT do Metrô não põe o trem em MCS???

Segundo conversei uma vez com um OT da 3 - Vermelha, no horário de pico é recomendação colocar o trem em MCS, para poder controlar melhor o fechamento das portas.

Outra coisa: Não é verdade que é recomendação do Metrô que o OT opere (de vez em quando, e no vale) o trem em MCS, para que ele não perca a sensibilidade no comando do trem? Se for assim, essas placas facilitam muito a vida dos OT...
:beer:
Avatar: Trem Cobrasma/Francorail/Société MTE da Companhia do Metropolitano de São Paulo, composição C-311 no PIT (Páteo Itaquera).


Francis
MODERADOR GLOBAL
Mensagens: 1160
Registrado em: 15 Jun 2008, 17:32
Localização: São Caetano do Sul, São Paulo.

Mensagem não lida por Francis » 26 Fev 2009, 13:39

erick_UT440R escreveu:Mas Francis, no horário de pico o OT do Metrô não põe o trem em MCS???
Segundo conversei uma vez com um OT da 3 - Vermelha, no horário de pico é recomendação colocar o trem em MCS, para poder controlar melhor o fechamento das portas.


Este procedimento já existiu, mas não era para a volta inteira, era mais para as estações críticas. Muitos operadores ainda fazem isso, mas a recomendação do Metrô hoje é ao contrário. A operação tem de ser o mais automatizada possível. Há apenas algumas situações onde é necessária a intervenção do OT no fechamento de portas, onde aí ele tem de colocar em MCS, mas o primeiro ciclo de fechamento, mesmo em Sé, é sempre em ATO.

erick_UT440R escreveu:Outra coisa: Não é verdade que é recomendação do Metrô que o OT opere (de vez em quando, e no vale) o trem em MCS, para que ele não perca a sensibilidade no comando do trem? Se for assim, essas placas facilitam muito a vida dos OT...
:beer:


Sim, às vezes o operador opera em MCS, mas estes tempos das placas não são os obedecidos, estes tempos são de outros tempos :ph34r: (desculpe o trocadilho). A operação do sistema está saturada, não dá prá ficar com o trem parado 30 segundos na estação, pode reparar que isso só acontece quando há alguma coisa na linha ou com o trem, fora isso, um trem fica em média 7 segundos parado na estação.

Avatar do usuário

Lopes
MEMBRO SENIOR
Mensagens: 1540
Registrado em: 20 Jun 2008, 17:10

Mensagem não lida por Lopes » 26 Fev 2009, 13:41

Gosto muito dessas placas.

Em uma estação elevada, não lembro se é Carandirú ou Tietê ou até mesmo SAN, existe uma espécie de uma plaqueta dessa me parece que é pintada e está nas cores azul (gasto) e branco, que me faz crer que é do tempo da inauguração da linha...
Rodrigo Lopes

Avatar do usuário

Haiser
MEMBRO SENIOR
Mensagens: 1348
Registrado em: 24 Jun 2008, 01:18
Localização: São Paulo SP
Contact:

Mensagem não lida por Haiser » 26 Fev 2009, 14:49

Nossa, obrigado por tratarem deste assunto, tenho uma dúvida

Todas as vezes que andei na Cabine , seja em horario de pico ou vale, o OT botou em MCS pra controlar abertura e fechamento das portas.. em Sé

Mas em si , se não me engano , dá para ele fazer isso em ATO , quando o trem apita pra fechar a porta, ele anula o comando apertando o botão e fica segurando. Estou vendo coisas? :rl: x-x

Avatar do usuário

Lopes
MEMBRO SENIOR
Mensagens: 1540
Registrado em: 20 Jun 2008, 17:10

Mensagem não lida por Lopes » 26 Fev 2009, 20:37

Haser, eu também já vi isso...

Acho que ele segura somente no necessário (óbivio), algo do tipo se alguém ficou preso na porta, se tem um grande fluxo de usuários entrando "quando cabe"...

Ou segura para alguma menina bonitinha que está subindo a escada na Armênia. :D
Rodrigo Lopes

Avatar do usuário

Tiago Costa
MEMBRO SENIOR
Mensagens: 2020
Registrado em: 05 Jun 2008, 16:55
Localização: São Paulo
Contact:

Mensagem não lida por Tiago Costa » 26 Fev 2009, 21:17

Aliás, essas placas nas estações da Linha 2 têm informações a mais, relacionadas ao tempo de fechamento das portas nos picos da manhã e da tarde. Devem servir para os OTs que estão nos Budds.

Avatar do usuário

Vicente
MODERADOR GLOBAL
Mensagens: 2533
Registrado em: 12 Set 2008, 23:57
Localização: São Bernardo do Campo

Mensagem não lida por Vicente » 26 Fev 2009, 21:30

Reparei hoje, na L1, sentido JAB. Não vi nenhuma informação de tempo, só a sigla e a seta de indicação do lado da porta...

Avatar do usuário

Lopes
MEMBRO SENIOR
Mensagens: 1540
Registrado em: 20 Jun 2008, 17:10

Mensagem não lida por Lopes » 26 Fev 2009, 23:41

Na estação Paraíso, L2, sentido AIP
Na estação Parada Inglesa, Sentido TUC
Provavelmente em Conceição também

Testar MCS (???) não me recordo se é MCS, porém tem uma informação a mais...

Fora que em Tietê, há uma plaquinha adcional que é sobre testes com redundância...

Alguém pode explicar melhor...
Rodrigo Lopes

Avatar do usuário

Haiser
MEMBRO SENIOR
Mensagens: 1348
Registrado em: 24 Jun 2008, 01:18
Localização: São Paulo SP
Contact:

Mensagem não lida por Haiser » 27 Fev 2009, 02:30

Lopes escreveu:Na estação Paraíso, L2, sentido AIP
Na estação Parada Inglesa, Sentido TUC
Provavelmente em Conceição também

Testar MCS (???) não me recordo se é MCS, porém tem uma informação a mais...

Fora que em Tietê, há uma plaquinha adcional que é sobre testes com redundância...

Alguém pode explicar melhor...



Em Tietê na Via 1 ( sentido TUC) , "" Testar MCS RED'" : o trem continua em ATO até Carandirú , mas ele testa o comando MCS Redundante ( MCS Da cabine oposta)

em Parada Inglesa na Via 1 , está escrito " Testar o DSF "" , que significa "" Testar o Dispositivo de Freio'". ele apenas aperta um botão e , soa um alarme de teste na composição "" tenho um video em que ele faz isso ^^.

Avatar do usuário

Lopes
MEMBRO SENIOR
Mensagens: 1540
Registrado em: 20 Jun 2008, 17:10

Mensagem não lida por Lopes » 27 Fev 2009, 13:51

Isso!

DSF!

Não estava me recordando...

A sirene que toca é um tanto alta...

Acende uma luz nas laterais do trem, agora qual, suspeito que seja a amarela... Os trens da Linha 3 tem isso? Esse comando?

Para que testar o Dispositivo se otrem já veio a linha inteira?
Rodrigo Lopes

Avatar do usuário

Vicente
MODERADOR GLOBAL
Mensagens: 2533
Registrado em: 12 Set 2008, 23:57
Localização: São Bernardo do Campo

Mensagem não lida por Vicente » 27 Fev 2009, 14:17

^^
Segurança, Lopes.
Já imaginou um Budd sem freios?? =o :ph34r:
Ao OT apertar o botão, o sistema faz um auto-diagnóstico. Se o trem não passar no teste, o trem precisa de manutenção.

Avatar do usuário

Gustavodc
MEMBRO SENIOR
Mensagens: 1695
Registrado em: 13 Jan 2009, 01:27
Localização: São Paulo
Contact:

Mensagem não lida por Gustavodc » 27 Fev 2009, 15:22

Sobre o MCS em Sé.

Isso serve para agilizar a manobra de descarga e carga do gado no salão. :P
Mas ele faz em ATO mais do que tranquilo. :P

Aqui na gloriosa L3 de SP tem ATO e MCS RED, mas depende do horário se vai estar em ATO ou MCS, geralmente é depois das 11 da noite que roda em MCS.
Haiser, a sigla, literal é Dispositivo Supeviror de Freio.
Nos Cobrasmas/Mafersas da L3 (não são nos Milênios) ele faz isso automaticamente em cada estação. É só ouvir aquele "pi-pi" na cabine.

Abraços!

Responder Exibir tópico anteriorExibir próximo tópico

Voltar para “SEÇÃO TÉCNICA”