[EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

História, fotos, relatos e tudo sobre a memória dos transportes sobre trilhos.

Moderador: Caco


AVVP
Novato
Mensagens: 21
Registrado em: 24 Dez 2008, 03:03

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por AVVP » 22 Nov 2011, 23:42

Olá, então, realmente essa tal de Maria da Graça dá trabalho para a gente, eheh. o0

Me parece que o tal 'rodapé superior' (tbm não sei o nome, faço mecânica, não civil.) è a unica coisa que bate com o croqui do Livro do Max Vasconselos. Eu imagino o seguinte: todas as partes ''bonitinhas'' do prédio foram retiradas, como os enfeites e trecos que vemos no croqui, só restando o Bloco/Caixa do prédio, sacaram ?
Enfim, quando isso teria ocorrido ? Na época da foto do Ermakoff ?!!!! Pois foi quando fizeram a modificação em relação as fotos da matéria da revista. Aquele senhor não se lembraria disso pois ainda seria pré-adolescente nessa época (fim dos anos 50). Aliais essa plataforma mostrada na foto, foi a última estação de Maria da Graça não é ? Sendo depois demolida.
Quanto ao misterioso galpão, afinal que tipo de empresa funciona lá ?
Sera que o dono (ou seu pai), não sabe disso tudo ? {a estação 'bonita' se transformar no bloco simples e funcional}
Lembro que o Melekh entro lá uma vez e tal = D.
Outro detalhezinho: Caso o prédio seja feito de tijolos pequenos,e sem escritas e tal, confirmaria sua construção até os anos 20. Se usar tijolos de tamanho e detalhes semelhantes aos atuais, isso selaria sua edificação com no máximo 55~60 anos !!!! (pensamento doido que me veio do nada agora) :ttn: :D

Avatar do usuário

Autor do tópico
DadoDJ
MEMBRO MILLENIUM - SENIOR
Mensagens: 1018
Registrado em: 23 Ago 2009, 22:06
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por DadoDJ » 23 Nov 2011, 08:44

Que Maria complexa, hein ?
Reparei outra coisa agora: eu disse que o croqui do livro do Max Vasconcellos teria sido feito mostrando a parte da estação voltada para os trilhos ... mas tem uma escada em frente a plataforma ! Como isso então ? Sendo assim, o desenho mostraria a parte voltada para a rua ? Então os passageiros subiriam pela rampa da plataforma ou pela escada e acessariam a plataforma de embarque nos trens através do portãozinho desenhado no croqui ?
Outra coisa: no desenho antigo a estação possui colunas ! Mas no prédio que fotografei estas colunas não aparecem, não há vestígios ...
Estou começando a crer que a estação retratada no desenho foi demolida ... e o prédio que fotografei tenha sido apenas uma edificação pertencente ao complexo da estação, seguindo mais ou menos o mesmo estilo arquitetônico ... a única coisa que ainda me leva a pensar o contrário é a posição do prédio existente hoje: guias de ruas, a foto de 1937 e até o mapa que existe na estação de Maria da Graça (Metrô) indica (ainda) uma estação ferroviária exatamente no local onde está este prédio que fotografei !
Imagem
^^ Que gafe ... nunca existiu uma estação Maria da Graça pertencente à Supervia ! ! !
:ttn:
Eduardo P. Moreira
"Dado DJ"

www.dadodj.com
www.trilhosdorio.com.br


Adenilson
USUÁRIO JR
Mensagens: 373
Registrado em: 01 Mar 2010, 17:07

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por Adenilson » 23 Nov 2011, 10:14

DADO E OUTROS AMIGOS!

ACHO QUE MATEI A CHARADA.

POR INCRÍVEL QUE PAREÇA, ACHO QUE TANTO O DADO QUANTO EU ESTAMOS CORRETOS.

ESTOU ENROLADO AGORA. AGUARDEM 1 HORA PELA MINHA POSTAGEM.

ESPERO QUE VOCÊS ESTEJAM SENTADOS. vv

<O>

Avatar do usuário

Autor do tópico
DadoDJ
MEMBRO MILLENIUM - SENIOR
Mensagens: 1018
Registrado em: 23 Ago 2009, 22:06
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por DadoDJ » 23 Nov 2011, 10:26

Meu Deus ...
:O
Meu coração está aos pulos, desde que vi a mensagem do Adenilson !
=o
Estou contando os minutos, hein ... às 11:30 entrarei de novo aqui. hehehehe
:lol:
Eduardo P. Moreira
"Dado DJ"

www.dadodj.com
www.trilhosdorio.com.br


Adenilson
USUÁRIO JR
Mensagens: 373
Registrado em: 01 Mar 2010, 17:07

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por Adenilson » 23 Nov 2011, 11:16

Dado e Pessoal,
Chegou a hora da minha explanação. ;)
Estou no trabalho e não posso usar o photobucket para fazer marcações nas fotos, mas seria uma maldade esperar até a noite e portanto terei que repostar algumas imagens para vocês me entenderem.

1) O Dado estava meio na dúvida sobre a posição da frente da estação no croqui abaixo.
Para mim, o nome Maria da Graça está voltado para a Rua Domingos de Magalhães.
Outra coisa é que o croqui está em 2 dimensões e não temos noção de profundidade, mas há também a forte possibilidade da plataforma não estar alinhada com a casinha da estação, mais ou menos como fiz o croqui de Inhaúma.
Isso eliminaria a possibilidade de cada trilho do total de 2, abraçar a estação, ou seja, passar um de cada lado.
Caso a casinha fosse alinhada, e houvesse um trilho de cada lado, a pessoa teria que passar por cima de um trilho para subir os degrauzinhos do croqui abaixo.

Imagem

Agora observem abaixo o prédio da estação de Maria da Graça de acordo com a foto de 1937 indicado pelas setas verde limão e lilás. Isso seria a metade do predio e a outra estaria fora da foto.
Como o fotógrafo está do lado oposto ao do croqui acima, isso explicaria as janelas diferentes, ou seja, a fachada voltada para a Domingos de Magalhães tinha uma janela por módulo de parede e a da foto abaixo duas. Reparem!

Imagem

Peguem o croqui acima e dividam ao meio verticalmente onde no portal aparece o nome Maria da Graça. Na foto acima de 1934 aparece apenas a metade direita, pois o fotógrafo que bateu a foto acima estaria atrás do croqui. Entenderam? :ttn:

Agora olhem a foto abaixo postada pelo Dado ontem.
Quando o Dado disse que as janelas do tal galpão são parecidas com a do croqui, discordaria dele.
Porém do lado inverso, como abaixo, a questão muda.
Olhem um poste e atrás dele o galpão onde há uma descontinuidade na alvenaria e duas janelinhas verdes. Elas são IGUAIZINHAS as do croqui.

Sempre defendi a teoria que o galpão era muito maior que o que parecia no croqui. Caso fossem do mesmo tamanho, o banco da estação teria uns 4 metros de largura e a pessoa ao sentar ficaria com as perninhas balançando mrgr

Baseado no comentário acima, acho que o Galpão englobou o prediozinho original, mas na fachada voltada para a Domigos de Magalhães devido a questão das janelas.
O vão onde ficaria o portaozinho da estação original teria sido preenchido com alvenaria.
Olhem a foto abaixo.
Imagem

Vejam abaixo na foto postada pelo Melekh.
Existe um "dente" ou descontinuidade na alvenaria para fora do galpão.
Juntando todas as fotos, aquele puxadinho seria ou foi a estação original do croqui e da foto de 1934.
Imagem

Entenderam a explicação? okk


Adenilson
USUÁRIO JR
Mensagens: 373
Registrado em: 01 Mar 2010, 17:07

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por Adenilson » 23 Nov 2011, 11:27

Conclusão:

Nas fotos de 1937 e 1948 da matéria postada pelo Dado, o prédio seria o original e o galpão não existia.

Depois, ou muito depois, não sei quando, o galpão foi construído mais próximo a rua e uma das paredes do seu fundo coincidiu com o alinhamento da parede da estaçãozinha voltada para a Domigos de Magalhães.

Se a plataforma da estação original não era alinhada com o prediozinho, então o galpão poderia ter sido utilizado como a estação pelo fato de ter espaço para as pessoas esperarem o trem.
Isso englobando até um possível aumento do comprimento da largura plataforma.

Outra possibilidade é que a partir de determinada data (depois de 1948) a plataforma da Rio D'ouro passou a ser utilizada pelos trens dessa ferrovia e da auxiliar.

Tudo pode ter acontecido.

O que vocês acham?

P.S.:Respondendo à dúvida de vocês; apesar de eu ser engenheiro mecânico e não civil; o rodapé superior tecnicamente chama-se rodateto. Se for a meia altura, chama-se rodameio.

Só não sei dizer se isso se aplica a fachada ou apenas à ambientes internos.

Avatar do usuário

Autor do tópico
DadoDJ
MEMBRO MILLENIUM - SENIOR
Mensagens: 1018
Registrado em: 23 Ago 2009, 22:06
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por DadoDJ » 23 Nov 2011, 11:51

Adenilson, foi o quis dizer quando suspeitei da pequena estrutura do lado direito do galpão, pela foto feita na elevação do outro lado dos trilhos.
A sua explanação me parece muito plausível, mas ainda tenho observações:
1-O que terá acontecido com as estruturas triangulares próximas à cobertura da estação (no croqui) ? Analisando o pequeno prédio na foto feita por mim, parece (apenas parece) que há uma descontinuidade na pintura superior da fachada, como se ali tivesse existido algo, que seriam estes triângulos que aparecem no croqui de Max Vasconcellos. Mais uma vez o Photoshop me fazendo falta ...
2-Apesar de ser a hipótese mais provável, porque construiram um galpão grande que englobou o pequeno edificio da estação primitiva ? Normalmente ocorre uma demolição do prédio antigo, não é verdade ?
3-As janelas deste "puxadinho" são muito parecidas realmente com a da foto de 1937 e com as do croqui de Max Vasconcellos ... mas se realmente este pequeno prédio tiver sido a estação, parece uma estrutura muito pequena ...
4-Não falei isso ainda, mas se realmente a estação tiver sido construída de acordo com o croqui do projeto, deve ter sido uma parada/estação muito bonita !
;)
Eduardo P. Moreira
"Dado DJ"

www.dadodj.com
www.trilhosdorio.com.br

Avatar do usuário

Autor do tópico
DadoDJ
MEMBRO MILLENIUM - SENIOR
Mensagens: 1018
Registrado em: 23 Ago 2009, 22:06
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por DadoDJ » 23 Nov 2011, 13:18

Estou em horário de almoço ... como estão me sobrando uns 40 minutinhos hoje (santa chuva) vou tentar fazer o máximo de observações e apontamentos nas fotos que temos disponíveis para consulta.
Aguardem ...
Eduardo P. Moreira
"Dado DJ"

www.dadodj.com
www.trilhosdorio.com.br

Avatar do usuário

Autor do tópico
DadoDJ
MEMBRO MILLENIUM - SENIOR
Mensagens: 1018
Registrado em: 23 Ago 2009, 22:06
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por DadoDJ » 23 Nov 2011, 13:35

Vamos lá:
1-Adenilson, peço a licença de utilizar a sua imagem redimensionada de 1937 para fazer algumas observações. Veja se é isso mesmo que estou vendo:
Imagem
^^ Na imagem acima rascunhei o que vejo como a plataforma da estação (em laranja) e os trilhos passando logo abaixo (em preto). Desenhei mais ou menos o formato do prédio, que pode ser a bilheteria da estação, a própria estação e o galpão existente atualmente. A janelinha ficou mal desenhada, mas é a pressa ... me desculpem ...
=o
Em relação aos trilhos, desenhei um pouco desalinhado, mas acho que deu pra passar a idéia. Vamos ver ese ponto: será que os trilhos passavam em ambos os lados da plataforma ? Se for assim, a estação teria o acesso (croqui de Max Vasconcellos) à plataforma atrás do que é mostrado no croqui ou na frente, na face onde aparece o letreiro Maria da Graça abaixo ?
Imagem
Adenilson e demais: o que apontei é o que todos veem ou eu vi algo demais ou diferente ?
Continua ...
Eduardo P. Moreira
"Dado DJ"

www.dadodj.com
www.trilhosdorio.com.br

Avatar do usuário

Autor do tópico
DadoDJ
MEMBRO MILLENIUM - SENIOR
Mensagens: 1018
Registrado em: 23 Ago 2009, 22:06
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por DadoDJ » 23 Nov 2011, 13:55

2-Segundo os pontos reparados bem observaados pelo Adenilson na foto de 1948, aparece uma plataforma comprida (como na foto de 1937) provavelmente sendo da estação Maria da Graça (Linha Auxiliar). Do lado de cá, é a plataforma da homônima estação pertencente à EFRdO. Reparem que existe uma cobertura simples na plataforma de lá, com um prédio robusto ao fundo, em destaque
Imagem
^^ Este prédio robusto seria este abaixo, fotografado pelo Melekh ? As setas em laranja mostram a posição deste prédio, e a seta em preto mostra a simples plataforma
Imagem
^^ Guardadas as proporções e cores semelhantes, e disposição de janelas e aberturas na parede diferentes, poderíamos dizer que se tratam do mesmo prédio ? A arquitetura me parece contemporânea aos anos da década de 1940/1950 ...

Continua ... e meu tempo está acabando !
Eduardo P. Moreira
"Dado DJ"

www.dadodj.com
www.trilhosdorio.com.br

Avatar do usuário

Autor do tópico
DadoDJ
MEMBRO MILLENIUM - SENIOR
Mensagens: 1018
Registrado em: 23 Ago 2009, 22:06
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por DadoDJ » 23 Nov 2011, 13:58

3-Em relação a foto abaixo, acredito quase com certeza que estes pilares seria uma nova cobertura sendo construída no lugar da cobertura simples que destaquei na foto de 1948, apesar de possuir pilares bem peculiares ... o que acham ?
Imagem
Eduardo P. Moreira
"Dado DJ"

www.dadodj.com
www.trilhosdorio.com.br

Avatar do usuário

Autor do tópico
DadoDJ
MEMBRO MILLENIUM - SENIOR
Mensagens: 1018
Registrado em: 23 Ago 2009, 22:06
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por DadoDJ » 23 Nov 2011, 14:18

4-Fiz umas sobreposições de imagens, que devido à pressa e necessidade de retornar ao serviço, ficaram meio "loucas" ... vamos a elas, de repente ajuda em alguma coisa:
Imagem
^^ Sobreposição de imagens entre a foto recente e o croqui de Max Vasconcellos, caso o prédio atual fosse a estação.

Imagem
^^ Sobreposição de imagens entre a foto recente e o croqui de Max Vasxxoncellos, caso parte do prédio atual fosse a estação. Nesta montagem eu removi o conteúdo de parte da imagem para transparecer os detalhes da outra imagem

Imagem
^^ Nesta imagem destaquei as estruturas triangulares traçadas no croqui de Max Vasconcellos, caso a estação fosse o pequeno pedaço do galpão hoje existente. Reparem que na imagem sem as estruturas triangulares, dá a impressão de que algo ali foi removido ou modificado ...
Imagem

Fui !
Eduardo P. Moreira
"Dado DJ"

www.dadodj.com
www.trilhosdorio.com.br


Adenilson
USUÁRIO JR
Mensagens: 373
Registrado em: 01 Mar 2010, 17:07

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por Adenilson » 23 Nov 2011, 14:39

DadoDJ escreveu:Adenilson, foi o quis dizer quando suspeitei da pequena estrutura do lado direito do galpão, pela foto feita na elevação do outro lado dos trilhos.
A sua explanação me parece muito plausível, mas ainda tenho observações:
1-O que terá acontecido com as estruturas triangulares próximas à cobertura da estação (no croqui) ? Analisando o pequeno prédio na foto feita por mim, parece (apenas parece) que há uma descontinuidade na pintura superior da fachada, como se ali tivesse existido algo, que seriam estes triângulos que aparecem no croqui de Max Vasconcellos. Mais uma vez o Photoshop me fazendo falta ...

Dado, o assunto realmente é fascinante.
O que eu quis dizer foi que o galpão não englobou a estaçãozinha original, ou seja, o volume da estaçãozinha não estaria dentro do volume do galpão, mas apenas uma parede da estaçãozinha coincidiria com uma pequena parte da parede do galpão, por esse ser muito maior.
Respondendo a sua pergunta, as estruturas triangulares foram demolidas, talvez até antes da construção do galpão.


2-Apesar de ser a hipótese mais provável, porque construiram um galpão grande que englobou o pequeno edificio da estação primitiva ? Normalmente ocorre uma demolição do prédio antigo, não é verdade ?

Não saberia te responder isso, mas voltando a dizer o que disse acima, parece que houve apenas uma adjacência de uma única parede. O galpão não englobou a estação, pois este é mais próximo a rua e a estação mais afastada. Ambas contruções tiverem um único ponto em comum, que foi 100% da parede da estaçãozinha e uma pequena parcela da parede do galpão.
O galpão pode ter sido construído também em mais de uma etapa.


3-As janelas deste "puxadinho" são muito parecidas realmente com a da foto de 1937 e com as do croqui de Max Vasconcellos ... mas se realmente este pequeno prédio tiver sido a estação, parece uma estrutura muito pequena ...
As janelas do puxadinho do galpão são iguais as do croqui, mas não iguais às da foto de 1937.
Por quê?
Porquê no croqui, a face que vemos está voltada para a Domingos de Magalhães e na foto de 1937 está voltada para a atual Antônio de Freitas.
Enquanto no croqui, vemos uma estrutura com uma janela por módulo de parede, na foto de 1934 há duas, ou seja, havia diferença entre as fachadas frontal e posterior.
A minha associação da foto de 1934 com o croqui deveu-se a arquitetura da fachada e não às janelas pelos motivos acima.
Sobre a diferença de tamanho que você citou, bato nessa tecla desde o assunto surgiu entre a gente pela primeira vez
Digo isso pelo tamanho do banquinho de madeira do croqui.
Se fossemos colocar o galpão em escala ao da estação, necessitariamos de umas 4 folhas por exemplo.
Conforme vi na aerofotografia de 1928, o prédio era pequeno mesmo.
Eu chutaria uns 15 metros de comprimento.



4-Não falei isso ainda, mas se realmente a estação tiver sido construída de acordo com o croqui do projeto, deve ter sido uma parada/estação muito bonita !
;)
Sim. Concordo plenamente assinando em baixo.
Muito bonita, mas foi logo descaracterizada. Em 1934 já havia uma plataforma bem mais comprida.


Adenilson
USUÁRIO JR
Mensagens: 373
Registrado em: 01 Mar 2010, 17:07

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por Adenilson » 23 Nov 2011, 14:53

DadoDJ escreveu:4-Fiz umas sobreposições de imagens, que devido à pressa e necessidade de retornar ao serviço, ficaram meio "loucas" ... vamos a elas, de repente ajuda em alguma coisa:
Imagem
^^ Sobreposição de imagens entre a foto recente e o croqui de Max Vasconcellos, caso o prédio atual fosse a estação.
Dado. Na minha opinião, descarto essa projeção. A estaçãozinha era bem menor.


Imagem
^^ Sobreposição de imagens entre a foto recente e o croqui de Max Vasxxoncellos, caso parte do prédio atual fosse a estação. Nesta montagem eu removi o conteúdo de parte da imagem para transparecer os detalhes da outra imagem
Amigo. você matou na mosca!!! Releiam os meus textos ( você e os outros amigos) e pela linha opinião, apenas uma parede coincidia e não parte do volume.
Veja também a minha explicação acima sobre as janelas.



Imagem
^^ Nesta imagem destaquei as estruturas triangulares traçadas no croqui de Max Vasconcellos, caso a estação fosse o pequeno pedaço do galpão hoje existente. Reparem que na imagem sem as estruturas triangulares, dá a impressão de que algo ali foi removido ou modificado ...
Na minha opinião, é isso. A diferença é o triângulo que você representou mais a esquerda estaria exatamente atrás do poste, pois uma das janelas está exatamente atrás do poste, conforme você até representou na segunda foto (foto anterior). okk
Imagem

Fui !
Enquanto eu estava digitando esse post acima, você estava postando este e por isso não dei uma única resposta. mrgr

P.S: Só concluindo, as estruturas triângulares poderiam ser recuadas ou ter um caimento para trás em relação às janelas da estação original. Lembre-se que o croqui está em 2D e não temos uma planta ou croqui em corte, infelizmente :O
Isso poderia explicar a sua ausência na estrutura do galpão, uma vez aproveitada parte da parede.


Adenilson
USUÁRIO JR
Mensagens: 373
Registrado em: 01 Mar 2010, 17:07

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por Adenilson » 23 Nov 2011, 15:05

[quote="DadoDJ"]Vamos lá:
1-Adenilson, peço a licença de utilizar a sua imagem redimensionada de 1937 para fazer algumas observações. Veja se é isso mesmo que estou vendo:
Imagem
^^ Na imagem acima rascunhei o que vejo como a plataforma da estação (em laranja) e os trilhos passando logo abaixo (em preto). Desenhei mais ou menos o formato do prédio, que pode ser a bilheteria da estação, a própria estação e o galpão existente atualmente. A janelinha ficou mal desenhada, mas é a pressa ... me desculpem ...
=o

Dado, você acertou em relação à plataforma, mas o prédio representado em preto não é contínuo.
Ele não tem a forma do galpão e sim do croqui.
O que vemos na foto é apenas a metade do desenhado no croqui.
Como após você representar, a foto perdeu resolução vou tentar explicar novamente usando a foto original do meu post.
Se você ou mais alguém ainda não tiver entendido, terei que refazer o que você fez em casa, pois aqui não posso importar uma nova foto pelo photobucket.


Adenilson
USUÁRIO JR
Mensagens: 373
Registrado em: 01 Mar 2010, 17:07

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por Adenilson » 23 Nov 2011, 15:20

Dado e amigos!

Agora, voltamos a foto de 1934.

Faça uma projeção exatamente a partir da ponta da flecha verde limão, subindo.
Essa linha coincide com a parede esquerda que vemos.

Infelizmente fiz uma "barbeiragem" na seta lilás e não consegui alinha-la com a parede, mas a parede se encerra menos de 1cm a direita da projeção da seta lilás.

Repare o seguinte: Veja que o telhadinho da estação faz uma sombra que "corta" as duas janelas exatamente ao meio horizontalmente, sendo que a janela esquerda está parcialmente encoberta pelas folhas das árvores.
Pois é. Um pouco a direita, a linha da sombra se encerra subitamente.
E por quê?
Porquê ali é um espaço vazio. Justamente onde ficava o portão com o dístico da estação, sendo que o telhado continua, exatamente como no croqui.
A direita e já fora da foto, o prédio continua em sua outra metade.

Repetindo. Como o fotógrafo está atrás da estação e não a frente (onde há o portão), o lado que aparece no croqui na foto de 1934 é o lado direito, mas atrás.
A plataforma que foi alongada depois se projetaria para a direita do croqui, repetindo, porquê a foto de 1934 foi batida do lado inverso a do croqui.

Se a explicação apenas com as palavras não for ainda esclarecedora, eu terei que refazer uns croquis em casa.

Bom almoço, amigo! okk


Imagem
Editado pela última vez por Adenilson em 23 Nov 2011, 15:23, em um total de 1 vez.

Avatar do usuário

Autor do tópico
DadoDJ
MEMBRO MILLENIUM - SENIOR
Mensagens: 1018
Registrado em: 23 Ago 2009, 22:06
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por DadoDJ » 23 Nov 2011, 15:23

Eu acho que vou voltar lá e subir naquelas amendoeiras defronte ao galpão, na pracinha. Quem sabe não consigo ver algo de lá ???

:P
Eduardo P. Moreira
"Dado DJ"

www.dadodj.com
www.trilhosdorio.com.br

Avatar do usuário

Autor do tópico
DadoDJ
MEMBRO MILLENIUM - SENIOR
Mensagens: 1018
Registrado em: 23 Ago 2009, 22:06
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por DadoDJ » 23 Nov 2011, 15:25

Caramba, Adenilson !
É isso mesmo !
Com o detalhe da sombra do telhadinho, agora sim tive a plena noção da dimensão do prédio, realmente bem pequeno.
Para mim ficou claro, claríssimo !
Show !
app
Eduardo P. Moreira
"Dado DJ"

www.dadodj.com
www.trilhosdorio.com.br

Avatar do usuário

Autor do tópico
DadoDJ
MEMBRO MILLENIUM - SENIOR
Mensagens: 1018
Registrado em: 23 Ago 2009, 22:06
Localização: Rio de Janeiro
Contato:

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por DadoDJ » 23 Nov 2011, 16:49

Agora entendi, Adenilson ... quando você disse que tanto você como eu poderíamos esta certos nas nossas pesquisas: a pequena é bela estação de Maria da Graça ficava naquela local, só que foi aproveitada pelo galpão (o famoso puxadinho). Vendo a foto de 1937 tem-se a nítida idéia de como era a estação e como ela ficou hoje em dia, totalmente mutilada.
Então, estamos realmente diante da estação ! Só falta confirmarmos e ouvirmos moradores locais.
Este tópico e debate sobre a estação está simplesmente genial !
Eduardo P. Moreira
"Dado DJ"

www.dadodj.com
www.trilhosdorio.com.br


carlinhos
Novato
Mensagens: 1
Registrado em: 02 Ago 2011, 19:32

Re: [EF Rio do Ouro] Curiosidades, vestígios e descobertas

Mensagem não lida por carlinhos » 28 Set 2012, 23:33

pessoal desculpe estar postando aqui ,mas a quem interessar possa ,havia uma discussão nesse forum sobre a possibilidade de uma interligação entre as estações são fxco xavier e triagem ,mas os trilhos ali citados pertenciam aos bondes que ali passavam (triagem x meier) . Tambem observei duvidas quanto a um casarao proximo a estação de são francisco xavier,onde hoje funciona um paint bal ,ali éra uma das muitas residencias pertencentes aos funcionarios da estrada de ferro (nese caso os mais importantes) engenheiros talves ,pois são casas enormes e com quintais enormes ,era comum naquela epoca moradas para funcionarios proximo a via ferrea,junto a estação de triagem existem algumas tambem, outra duvida que observei foi quanto a plataforma existente depois de SÃO FRANCISCO e antes da RIACHELO do lado direito , aquela plataforma pertencia a fabrica de laticinio ANGLO,hoje funciona um frigorifico de nome marechal.espero ter ajudado ,a propósito não sei se Existiram duas MANGUEIRAS ,mas sei que existiram duas TRIAGENS ,nasci lá.

Responder Exibir tópico anteriorExibir próximo tópico

Voltar para “ESTAÇÕES DESATIVADAS”

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Semrush [Bot] e 0 visitante